Simples Nacional 2014 – Tabela

Tabela Simples Nacional 2014

Sabe o que é Simples Nacional?  Este é um serviço aplicado pelo micro empresas ou empresas de pequeno porte que na verdade faz parte de um regime tributário diferenciado e que unificam em um único serviço todas as contribuições e impostos federais, estaduais e municipais (cerca de oito). Veja como consultar a tabela do Simples Nacional 2014.

simples nacional tabela1 Simples Nacional 2014   Tabela

Esta obrigação das micro e pequenas empresas devem ser entregues anualmente a Receita Federal. A Receita inclusive abriu as inscrições para o Simples Nacional que ficam abertas até o dia 28 de dezembro e também é o prazo para agendamento da opção Simples nacional para o ano de 2013. O micro e pequeno empresário podem solicitar de forma simplificada pelo portal pela internet. Após a inscrição no programa, esta ainda é sujeira a aprovação que acontece a partir de 1° de janeiro do ano que vem quando será gerado registro oficial da micro e pequena empresa no sistema Simples Nacional.

Pela internet é possível ainda consultar a tabela do Simples Nacional 2014 através do número do CNPJ da empresa (ver em www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/Aplicacoes/ATBHE/ConsultaOptantes.app/ConsultarOpcao.aspx).

Para ser aprovado no Simples Nacional a micro e pequena empresa precisa ter receita anual máxima de R$ 360 mil, no caso das micro empresas; e nas de pequeno porte renda anual máxima de R$ 3,6 milhões. Para o microempreendedor a renda máxima anual tem que ser de R$ 60 mil. Caso a empresa não seja aprovada no Simples Nacional, os interessados podem regularizar a situação e fazer novo registro no Simples Nacional 2014. Não havendo pendências, o registro no Simples Nacional ocorrerá normalmente.

É possível ainda fazer o cancelamento no Simples Nacional por meio de um aplicativo que está disponível no Portal do Simples Nacional (ver em www8.receita.fazenda.gov.br/SIMPLESNACIONAL/Default.aspx). Neste site há informações sobre o Simples Nacional como: legislação, manuais, parcelamentos e convênios, estatísticas de arrecadação entre outras.

Mais sobre o Simples Nacional



17 Comentários

jaquelinedezembro 26th, 2012 at 8:44

No ano de 2013 a partir de que data começa a declaração de PJ (todas as categorias terão que contribuir?).

patricia eulina guimaraes da silvajaneiro 18th, 2013 at 19:18

quero declarara meu simples desse ano de 2013

francisca nogueira garcia meirellesjaneiro 27th, 2013 at 0:01

nao estou consseguindo fa, me esplique por favor.ser declaraçao do contribuinte paguei 3710 no mês de dezembro e no mês de janeiro nao sei entao agora quero as folhas do ano todo mas nao sei como faser

perci gomesfevereiro 20th, 2013 at 11:19

bom dia meu e perci gomes não concigo emprimir os boletos 2013

maria helenafevereiro 26th, 2013 at 15:30

minha empresa não foi aceita no simples nacional,porque será,poderei ter pendencias,pois ainda não tinha optado pelo simples nacional, na verdade nem sabia que isso existia, simples nacional. me responde obrigada Helena

maria helenafevereiro 26th, 2013 at 15:33

nem sabia que existia simples nacional, quando fiz a escrição não me falaram nada .
precisam enformar mais.

JOAO ALVES DE SOUZAabril 20th, 2013 at 10:33

empresas que durante o ano de 2012 teve um faturamento de R$ 136.363,23 essa empresa esta incluida na aliquota de 4%

Miramarjunho 27th, 2013 at 0:23

Por gentileza não estou conseguindo cadastrar para imprimir
a guia Das, preciso urgente de uma ajuda. Obrigada!

inelisetembro 12th, 2013 at 10:43

Tenho dúvidas, sobre o cálculo simples nacional de uma revendedora de gás, enquadrada no simples nacional, que tem uma receita bruta nos últimos 12 meses de R$190.000,00, fui calcular e me a e deu um DAS de mais de 1.300,00, me apavorei, a empresa vendeu 35.000,00, no mês de 08/2013, se for possível mandar-me os %-alíquotas.
obrigado

antonia lucilenesetembro 21st, 2013 at 22:14

como emitir boleto

EMERSON DE ARAUJOoutubro 29th, 2013 at 16:41

EMERSON.
QUEM PAGA O SIMPLES NACIONAL TEM DIREITO DE RECEBER O PIS/PASEP?

JOSÉ NAZARENO NFERREIRAnovembro 13th, 2013 at 10:11

Estou querendo saber quais as atividades que não se enquadram no Simples Nacional. DECORAÇÃO DE INTERIORES é aceita?

Jose Wilsondezembro 10th, 2013 at 18:07

Foi definido algum reajuste no faturamento limite do super simples para 2014? ou continua os 3.600,000,00?

rosangela camargodezembro 11th, 2013 at 15:42

preciso de uma informação eu tenho o registro do MEI e vou pagar o mes de janeiro e depois não sei como faço para,ter novos boletos de fevereiro de 2014 em diante ate dezembro de 2014 ,quem paga o MEI tem o direito de receber o pis pasep.como faço para conseguir os proximos boletos

julio cesar de paulajaneiro 7th, 2014 at 16:03

o meu açougue e optante pelo simples,o que acontecera agora ja que a minha receita anual e de 180,000,00 por ano,sendo assim eu nao enquadro no simples de 2014 que e de 360,000,00

ANA MARIAjaneiro 21st, 2014 at 10:38

Uma empresa enquadrada no anexo V recolhe o INSS à parte, sem o fator R. Como é feito o cálculo para o INSS? Apenas o que é recolhido dos funcionários é repassado à Previdência Social?

SANDROfevereiro 18th, 2014 at 9:45

DECORAÇÃO DE INTERIORES É ACEITA NO SIMPLES NACIONAL CONSULTAR RESOLUÇÃO GSN OU PERGUNTAS E RESPOSTAS DO SIMPLES NACIONAL NO SITE DA RECEITA FEDERAL

Deixe um Comentário

Seu comentário